28 de jun de 2014

Slaps And Kisses. - 15° Capitulo


Divulgando LEIAM MT :D 

~Boa Leitura ~

- ENTÃO VOCÊ VAI DÁ PRA ELE ? - minha cara foi no chão quando todos em volta nos olharam -
- Vai se fuder Bieber. - me levantei irritada-

  Fui até o banheiro do restaurante escovei os dentes , Justin fez o mesmo depois fomos para o colégio já estava lotado , cheio de robos com a mesma roupinha. Fui para o lugar de sempre lá estava Michael e hannah sentados conversando.

- Oii , tava com saudades - Falei me jogando em cima do Michael e ele segurou minha saia -
- Ta louca , todo mundo ia ver seus fundos ai.
- Desculpe , eu nao sirvo pra usar saia - Nós rimos -
- To sabendo que as duas mulheres da minha vida estão comprometidas -falou fazendo bico -- Own tadinho , ainda somos mulheres da sua vida , só que comprometidas.
- Ah não tem como tarar vocês poxa ..

 Então a aula passou como uma tartaruga ou talvez mais lenta e depois liguei pro chris me buscar na porta da escola.

- Vai ficar sozinha hoje ? ou vai sair com o baixinho ?
- Bom o Chris vai lá para casa
- Oque? Porque ?
- Porque ta chovendo , não quero ficar até tarde sozinha e ele é meu namorado.
- Raymond vai estar em casa ?
- Nao. Ele e a pattie nunca estao como se você nao soubesse disso. - Ele bufou e eu sorri -
- Cuidado com oq...
- Ih chega Bieber , oque tiver que acontecer vai acontecer , se nao for pra ser não vai ser entendeu ? - Ele respirou tão fundo que achei que tivesse perdido todo o ar , então saiu correndo pela chuva até seu carro e em menos de 5 minutos Chris chegou -

 Chegamos em casa e eu puxei Chris para meu quarto , coloquei calça do pijama e uma blusa branca colada , enquanto Chris colocava um filme no dvd. me deitei em seu lado e nós nos cobrimos e começamos a assistir filme escutei meu celular e peguei.

"Oi cunhada , to sabendo que Chris está ai 
use camisinha não quero ser titia agora , beijos"

"Vadia kkkkk , deixa de ser chata , vamos usar beijo"

Chris não perguntou oque era continuou mexendo no meu cabelo e prestando atenção na tv , até eu sentir uma mão apertando minha coxa , chris sorriu disfarçadamente.

- Christian. - Chamei sua atenção rindo -
- Fala - falou sinico, me olhando -
- Eu to sentindo oque você está fazendo sabia 
- E é pra sentir mesmo , gostosa - Ele sorriu e como eu estava de costas mordiscou minha orelha me fazendo arrepiar dos pés a cabeça [GIF] me virei para ele que beijou e mordiscou meu queixo me fazendo suspirar [GIF]  e depois me beijou apertando meu bumbum e eu sorri entre o beijo -

  Eu ainda estava meio "acanhada" com aquela intimidade que estávamos tendo , eu nunca tinha dado uns "pega" assim quente em alguém sem estar bêbada , ou sem ser o Justin , ele ele me apertava com força mas ao mesmo tempo carinhoso e com medo de me machucar, abri as pernas e o puxei para cima de mim , ele veio com rapidez e pressionou sua ereção já evidente em mim me fazendo suspirar.

- Alex ... - Ele sussurrou enquanto mordia meu pescoço , uma mordida de leve e que nao marcaria , também marcar mais do que já está não é tão possivel assim -
- Oi ? - Gemi baixo quando sua mão cautelosamente foi parar em meu seio e apertou -
- Você é ... virgem não é ?
- Ér... - Ele se levantou um pouco colando a testa na minha e se apoiando no cotovelo - Sim.
- Você tem certeza que .. bom ... quer fazer isso ? 
- Sim Chris - Ele sorriu fofo e me beijou com a maior calma do mundo

  
  Suas mãos passeavam pelo meu corpo com tanta delicadeza que minha tensão foi para o espaço , levantei sua blusa e ele se levantou sorrindo e me deu total liberdade para tira-la então eu fiz , mordendo o lábio ao ver seu abdomen totalmente definido com uma tatuagem entre o peito , deixava ele sexy. Ele sorriu me vendo babar em cima dele e voltou a me beijar dessa vez mais intenso , toda vez que eu arranhava suas costas ele apertava minha cintura e suspirava aquilo era excitante , suas mãos foram disfarçadamente para o cós do meu moletom e quando senti ele já estava em meus joelhos desvendando minha calcinha de renda preta.  Pouco depois já estávamos praticamente nus , quem dizer , eu estava apenas de sutiã e ele de cueca box preta que me deixou piscando de tão excitada , era sexy.

- Você é sexy - ele sussurrou no meu ouvido e eu gemi sentindo seu dedo entrar lentamente em meu sexo - E você está prontinha para mim.
- Awn ... - Eu gemi sentindo seu dedo deslizar apenas a pontinha para dentro de mim -
- Para ... amr - Gemi entre dedos sabendo que se ele continuasse eu ia me descontrolar  e ele riu-

  Ele beijou meu clitóris e eu arfei mas ele subiu os beijos passando por minha barriga e chegando até meu sutiã , conjunto da calcinha jogada no chão e a tirou com toda delicadeza e abocanhou um dos meus seios chupando e lambendo os mamilos me fazendo gemer alto , era gostoso , meu corpo inteiro se contorcia e eu ficava cada vez mais excitada , entao ele roçou meu clitóris com a mão enquanto chupava meu mamilo e eu gemi e fui a loucura.

- Chris ... por favor - Falei entre gemidos e ele sorri me dando um selinho -

 Ele puxou a calça e tirou uma camisinha de dentro , assim que ele abriu o cheiro de morango adentrou meu nariz e eu ri tendo a visão previlegiada de seu membro grande e grosso e de sua mão deslizando por ele me fazendo babar enquanto ele se masturbava. Fiquei de quatro em sua frente e tirei sua mão fazendo ele me encarar , então lambi a cabecinha ou "ona" e comecei a toca-lo fazendo ele gemer e jogar a cabeça para trás enquanto eu comecei a fazer um vai e vem com a boca.

- Porra , chega - Então sorri e me deitei vendo ele colocar a camisinha -
- Isso provavelmente vai arder um pouco - Ele falou olhando em meus olhos quando se debruçou por cima de mim e eu assenti -
- Ok. 
- Qualquer coisa me avisa. 

  Então ele alisando minhas bochechas e as beijando de vez em quando foi deslizando para dentro , a ardência tomou conta de mim e eu fechei os olhos com força , ele parou de se mover e ficou beijando meu rosto.

- Ta muito ruim ?
- Não , continue. - Falei abrindo os olhos ainda sentindo arder. -

  Ele continuou , ardia , uma ardência que poderia me fazer chorar ali mesmo mas ele estava me fazendo esquecer com seus sorrisos e beijos , então gemeu quando já havia colocado tudo e parou de se mover.

- Own , isso é muito gostoso. - Ele gemeu no pé do meu ouvido - você é muito apertada , puta que pariu. - ele arfou me fazendo querer mais daquele som excitante -

  Chris começou a se movimentar , ainda olhando em meus olhos , seus movimentos lentos começaram a afastar aquela ardência horrível e trouxe uma sensação gostosa , Chris pareceu se descontrolar e e ir rápido então eu gemi , um gemido de prazer , ele gemia junto comigo então se afastou indo mais rápido que conseguiu e eu me senti totalmente aberta e exposta para ele que se ajoelhou ainda se movimentando dentro de mim e começou a me masturbar com o polegar , joguei a cabeça para trás e gritei sentindo uma explosão de coisas diferentes dentro de mim , então gozei como nunca , minha pernas tremiam , minha respiração parecia que nao ficaria normalizada nunca mais.

- Fica de quatro gostosa. - Falou e eu respirei fundo , sentindo minhas pernas bambas -

 Então ele começou a estocar forte e apertando minha cintura e eu me entreguei completamente ao prazer ...

 Justin Narrando -

  Depois de uma gozada excelente eu e Isadora estávamos jogados na cama nus, ela deitada em meu peito , olhei no relógio e eram oito e meia ainda me virei para beija-lá novamente e mesmo sem o menor tesão eu queria fode-la novamente.

- Ainda tem folego para mais uma ? - Ela gargalhou enquanto perguntei no pé de seu ouvido e então me puxou para cima dela novamente -
- Depende... 
- Então vamos fazer você se animar novamente , gatinha. - Sorri e abri suas pernas -

  Me alojei no meio delas , lambendo e chupando com calma vendo ela re contorcer e gemer meu nome , enquanto puxava meus cabelos e tremia a pernas , era excitante então penetrei um dedo vendo ela começar a rebolar sobre ele e ri.

- Nem pensar , você não vai gozar assim.
- Bieber... - Então minha cabeça deu pani , minha mente imaginou Alexandra ali gemendo meu nome como uma vadia e estapeei a bunda de Isadora com raiva -
- Não me chama de Bieber. - Eu podia sentir meus olhos arderem e então ela assentiu com os olhos arregalados -
- Você vai gozar no meu pau rebolando igual uma vadia entendeu - Ela assentiu novamente ainda meio paralisada -

   Eu meti , não para o prazer dela , mas sim para o meu o som do "Bieber..." fazia ecoos em minha mente , mais não como Isadora gemendo e sim com a voz de Alex , então estoquei com força vendo em pouco tempo ela relaxar e cair deitada sobre o colchão. Depois de gozar novamente eu me levantei me vestindo.

- Vai aonde ? - Ela perguntou me vendo colocar a calça e a cueca -
- Vou pra casa.
- Achei que fosse passar a noite comigo. -Ela falou cabisbaixo e eu suspirei -
- Desculpe , Alex ta sozinha em casa com o Chris , Raymond nao vai gostar.
- Ih entao melhor você não ir agora - ela gargalhou e eu fechei a cara para aquela insinuação - Justin ela está namorando , deixa ela , fique aqui mais um pouco.
- Ok , daqui a meia hora vou embora. - então me deitei em seu lado e ela se aconchegou em meu peito  -
- Porque você ama tanto essa garota ? - Ela sussurrou contra a tatuagem no meu peito e eu suspirei -
- Ela é como uma princesinha de porcelana Isa , parece que se cair quebra sabe ?, nao é que eu amo ela apenas como um amor de homem e mulher , mas sim como um irmão mais velho e protetor.
- Você ama ela como homem ? - Ela se levantou e me encarou -
- Deite , nao vamos conversar sobre isso , Isa , não quero te magoar , eu escolhi você estamos tentando nao estamos ? - Ela assentiu e se deitou novamente - Então é isso que importa. 
- Não vou ficar magoada Justin , qualquer um ve na sua cara que você ama ela , como um homem e não como irmao. Você suspira quando ve ela , você parece um cachorrinho com os olhos brilhando quando ela sorri. 
- Então porque está comigo se sabe que eu amo ela ? 
- Porque do mesmo jeito que você ama ela , eu te amo. E espero que um dia voce tenha pelo menos um pouco desse amor que tem para ela , para mim. - Por um momento eu senti pena , por outro eu quis chama-la de idiota , mas beijei sua testa -

  Depois de exatos trinta minutos eu fui embora , Isadora deu mil e uma desculpa para que eu ficasse , falou sobre a chuva , sobre isso aquilo e aquilo outro , a chuva estava terrivelmente forte mas não era exatamente minha preocupação. Cheguei em casa bem rápido em baixo de chuva , encharcado mais cheguei , olhei em volta e estava tudo vazio e escuro como de costume , aonde eles estavam ? no quarto ? Mas que merda!.
  Corri para o andar de cima e assim que cheguei no segundo andar gemidos e gritos invadiram meus ouvidos e meu coração começou a bater fraco , meio cauteloso eu subi as escadas e os gemidos se tornaram mais audíveis , assim que cheguei na porta entreaberta do quarto meu coração parou de bater e meus olhos encheram de lágrimas , "para justin , homem não chora porra" pensei comigo , mas aquela cena acabou comigo em todos os sentidos Alexandra estava de quatro para Christian e a unica coisa que eu conseguia pensar é que "era para ser eu , era para ter sido comigo não com ele." Fiquei ali parado me torturando por longos minutos , os piores da minha vida. Desci chorando , como um furacão encontrei Raymond e minha mãe abrindo a porta.

- JUSTIN ? - Minha mãe chamou minha atenção e eu rapidamente limpei as lágrimas com a manga do casaco - Você ta chorando ? - Passei correndo por ela e Raymond e sai voado de carro -

  Eu só queria sumir dali , sumir desaparecer e talvez não ser encontrado mais. Parei em um dos hotes da cidade depois de rodar quase 40 minutos de carro desesperado e na chuva ,consegui um quarto por ali mesmo , liguei para o serviço de quarto e pedi metade das bebidas que eles tinham logo chegou , uma moça , um pouco mas velha que alexandra trouxe.

- O senhor está bem ? - Ela perguntou analisando meu rosto -
- Vou ficar. Obrigado - Fui o mais educado que pude depois bati a porta na cara dela -

  Então virei uma das bebidas no gargalo mesmo , não queria copo nem nada , só queria beber e esquecer aquela vadia da Alexandra , filha da puta , liguei o som na melhor musica de corno que achei que bebi três garrafas praticamente de uma vez só depois dormi ali na poltrona mesmo.

Alex Narrando -

Eu estava bem feliz , depois daquele grande acontecimento , colocamos apenas as roupas intimas e fiquei deitada no peito de Chris e acabei dormindo , acordei com ele me beijando e batidas na porta.

- Entra. - Gritei meio sonolenta e meu pai e Pattie entraram -
- Mas ... - Meu pai fez cara feia mas Pattie deu um beliscão nele e ele se endireitou -
- Vocês sabem oque aconteceu com Justin ? - Pattie perguntou -
- Justin ? Oque tem Justin ? - Me sentei encostada na cabeceira -
- Ele saiu daqui chorando ...e pegou o carro e saiu em altissima velocidade, voces sabem ? - Meu pai perguntou , eu encarei Chris e ele fez cara de desentendido , puta que pariu -
- Não ... - Deitei novamente enfiando meu rosto no travesseiro -

   Eles sairam e eu e Chris ficamos ali assistindo tv , como se eu estivesse assistindo algo , eu queria saber oque ele tinha visto , oque ele tinha escutado , ou oque tinha acontecido ? para ele estar chorando , Justin chorando ,era por algo o tinha afetado demais. Então nessa de quebrar a cabeça e nao conseguir Dormir o dia provavelmente já tinha amanhecido , eram seis e meia o quarto estava escuro e eu tinha dormido umas meia hora ou um pouco mais durante toda a madrugada , apenas.
   Levantei deixando Chris dormindo e coloquei minha roupa e sai do quarto , correndo até a cozinha á espera de encontra-lo lá e poder brigar , gritar e descutir com alguém mas tudo que encontrei foi Pattie lavando louça.

- E ele... ? - Ela me olhou suspirando -
- Nada querida , já tentei ligar e nada. Você realmente não sabe oque aconteceu ?
- Eu ... ele ... - Minha cabeça estava com um nó tão grande que eu simplesmente gritei e subi correndo -

  Eu só queria ver ele , pular em cima dele e saber oque aconteceu , eu queria escutar aquela voz grossa e rouca nem que fosse para escutar ele me irritando.


                  

Hey façam perguntar sobre a IB to boazinha e vou responder tudo kk :3

                                              Respondendo Coments :3

Amanda Of Swag: Mais ou menos que eu nao sei kkkkk porque tipo as pessoas que fizeram que me perdoem mais eu adaptei peguei uma parte daqui , outra dali e ficou isso.
Anônimo: Não vai dá muitoooo mas já deu kkkkk paçocas magicas :3 :3 
Rita Moreira: Puto é pouco vocês nao imaginam oque ele vai fazer com ela ;c
Billie Mikaelson: Seja bem vinda o/ , ela deu agora vamos ver oque ele vai aprontar kk
Rafaela Valdo: proonto jnjaknads alex nao perdeu tempo dessa vez :3 clarooo recomendo sim , se precisar de ajuda com algo tipo layout ideia e tals só falar comigo :3 
Patrícia Nascimento: Acho que nao é exatamente a isa que vai ficar gravida sjhadkjad
Anônimo: Acho que ela nao vai se arrepender , até porque oque o Justin vai fazer com ela nao vai ser legal ... e é ,sempre tem uma complicação fanfic é tipo vida real só que mais legal 
Anna Maia: kkkkkkkkkk é comédia mesmo e bom amor eu nao sei , Jogos de Sentimos é tão confuso pra mim escrever acho que alguém bloqueou minha mente praquela fanfic ;c
Anônimo: Oi , Eu não te conheço , nunca te vi , mas queria te conhecer e sei que você é linda e tem qualidades que ninguém nunca percebeu não abaixe a cabeça princesa,ergue a cabeça e mostra pra eles que nao se importa com oque falam essas pessoas fazem isso para se sentir melhor porque os lixos são elas. Não se sinta com a auto-estima baixa você é perfeita , linda e forte ;) e eu me sinto honrada que tenha vindo desabafar aqui <3
vanessa Helena: Jogos de sentimentos é uma coisa complicada , eu amo aquela ib mais a continuação dela nao entra na minha cabeça :c omg safadenha kkkkkkkk menage uii gostei ;3

 13 COMENTÁRIOS  

25 de jun de 2014

Slaps And Kisses. - 14° Capitulo


- Alexandra Cure , Aceita namorar comigo ? - Minha boca foi no chão -
- OQUE VOCÊ DISSE AGORA ? 
- Alexandra Cure , estou perdidamente apaixonado por você e Você aceita namorar comigo ?
- Chris ... Mas ... a gente se conhece tão pouco
- Eu sei , é estranho - suspirou e entrelaçou os dedos nos meus - Mas Eu gosto de você como eu nunca gostei de outra garota , me deixa tentar ganhar esse seu coração e te fazer feliz , se não der certo a gente continua amigos e enfim ... Eu gosto de você alex. - Ele falava e com clareza dava para ver a verdade em seu olhar , eu não sabia se era o correto aceitar , pois meu coração estava com Justin , mas ele tinha namorada ele estava tentando ser feliz porque eu não poderia também ?
- Eu Aceito Chris.

  Então o maior sorriso que eu já vi na minha vida se abriu em seu rosto e eu o beijei , sentindo ele me apertar com todo carinho do mundo , acho que preciso contar isso a Caitlin e Hannah.

- Será que seu pai vai deixar ? - Ele perguntou meio pensativo -
- Não sei ... 
- Deixa que depois eu resolvo isso , agora vai se vestir baixinha. - Falou e eu me levantei como uma criança saltitante-

  Já eram quase meio dia , coloquei o uniforme do colégio e peguei a mochila então descemos conversando , chris carregava minha mochila e segurava minha mão e fazia graça.

- Quer ir almoçar em um restaurante ? Depois te deixo na escola.
- Hm , pode ser , tenho que ligar para o meu pai para avisar.
- Okay 

 Ele ficou na sala esperando e eu liguei para meu pai que fez quinhentas mil perguntas antes de deixar eu sair com Chris , quando voltei Justin e Chris assistiam basquete e xingavam os jogadores.

- Vamos Chris ? - Chamei e ele se levantou -
- Vamos , vlw Brother - Fez toque com Justin-
- Justin vou almoçar com Chris , depois vou direto para a escola.
- Ta bom. - Respondeu sem nem me olhar então saimos -

  Fomos almoçar no restaurante mais próximo do colégio , conversamos , rimos e fiquei sabendo coisas bobas e divertidas sobre ele , ele era um retardado mental e eu descobri porque ele era amigo do Justin , eles tinham retardações em comum.

- Tenho que ir - Falei enquanto estávamos encostados no carro em frente ao colégio -
- Infelizmente eu sei , vai nao fica comigo - falou me abraçando e beijando meu pescoço -
- Isso arrepia - eu ri - mal chega e já quer me levar para o mal caminho Chris. - Nós gargalhamos -
- Se eu tivesse tentando , estaria conseguindo ? - Ele falou e eu gargalhei -
- Bom , sim. Mas infelizmente hoje tenho que ir pra escola
- Que pena.
- É pena mesmo - Ele sorriu sapeca e entrelaçou os dedos nos cabelos das minhas nucas e me beijou -
- Opa chega - Sorri e ele se afastou -
- Então nos vemos de noite ?
- Claro , cinema baby. - Dei um selinho nele e fui atrás de Hannah que se pegava com Mike -
- Hãm ham  - Chamei a atenção deles - Já chega né meu povo.
- Calma calma já to indo - Mike falou rindo e depois saiu -
- Amiga você não sabe. - Falei animada -
- Então me conta.
- Eu to namorando com Christian Beadles - Falei saltitante e ela arregalou os olhos -
- Ta brincando?
- Não.
- E eu to namorando com o Mike - Ela deu pulinhos -
- Omg - Abracei ela -
- Mas e o Justin ? - Putz , eu tinha esquecido de Justin , por algumas horas do dia eu tinha esquecido dele , isso era tão estranho desde quando começamos com essa pegação toda nunca ninguém tinha me feito esquecer ele -
- Ah , ele vai seguir a vida dele , com Isadora ta na hora né , não quero ficar sendo a segunda pro resto da vida Hannah 
- E eu concordo com você , uma hora isso teria que ter um fim.
- É eu sei. - Falei meio cabisbaixo -

  Eu gostava do Justin , a companhia dele , os beijos , seu jeito fofo mas ele nunca nem deu a opção de deixar Isadora para ficar comigo e eu não iria ficar deixando tudo passar para correr atrás dele , ficar sendo "a segunda" por que tudo que acontecesse ele iria correndo contar para ela , tudo que ele fizesse de novo , que deixasse ele feliz , ele iria correr para ela e eu seria só a segunda , a segunda a saber de tudo , a segunda que ele iria contar as novidades.

- Mas e você , está feliz ? - Ela perguntou animada -
- Assim ... estou , pior que estou , eu nunca tinha ficado animada assim desse jeito. Eu gosto do Chris , a companhia dele me deixa calma e feliz.
- Own.
- E você e Mike ?
- Ah , eu to caida por ele né.
- Ta na cara , você não para de sorrir daqui apouco vai da caimbra na cara de tanto que você sorri. - Ela me deu um tapa gargalhando -
- Chata.

  As aulas passaram , chatas como sempre , tivemos um tempo do Justin no final e passou lento como uma tartaruga , justin passou vários trabalhos e disse que daqui alguns dias iriamos ter teste.

- Justin - chamei quando ele estava saindo do colégio -
- Oi
- Me da uma carona ?
- Porque nao pede pro "Chris" - falou sarcástico e eu bufei -
- Porque não estou afim , pode me dar uma carona por favor.
- Não estou indo para casa 
- Ta indo para onde ? - Perguntei curiosa -
- Para casa da Isa - me arrependi amargamente de ter perguntado -
- Tem como me deixar pelo menos na entrada do condominio.
- Ta , tanto faz vamos. - Ele entrou no carro e abriu a porta para mim e eu entrei -

  Um silencio mortal reinava ali , o único barulho no carro era o som da musica ecoando eu estava de olhos fechados encostada no banco quando escutei um palavrão bem alto do Justin.

- QUE PORRA
- Oque foi ? - Ele apontou para frente e vimos um engarrafamento enorme -
- Que saco.
- Já não basta engarrafamento ainda tem que escutar você xingando mereço.
- Quer picolé ? - Falou olhando para o homem que passava vendendo picolé , biscoito e etc entre os carros eu só nao entendi quem vende picolé no frio que está fazendo-
- Quero - Sorri como uma criança animada  oque foi ? Só porque ta frio nao posso? - De coco.
- Ok. - Pediu dois de coco e fechou a janela novamente e eu cai de boca no picolé - Você gosta mesmo disso em . - Falou lambendo o dele e eu gargalhei lembrando do dia que ele tava me chupando e suspirei -
- Sim ,adoro! - Sorri -
- Você chupa bem - Ele falou gargalhando -
- Safado!
- Desculpa , sou homem não posso deixar de reparar nisso. - Falou corando -
- Eu sei Bieber. Se demorar muito vai se atrasar.
- Eu sei , mas quando chegar explico á ela eu tava conversando com ela mas cedo.
- Sobre oque ? - Perguntei curiosa -
- Sobre nós , sobre você.
- Sobre mim ?
- Sim , ela disse que eu teria que me decidir , se era ela ou você - Falou suspirando - porque ela queria um homem de verdade e nao um cara que fique com ela e com outra pessoa , que mulher gosta de homem que á valorize.
- Isso é verdade. E você falou oque ?
- Que eu dava a "resposta" a noite no caso agora. 
- E decidiu oque ..
- Me diz você oque acha que eu decidi ?
- Eu acho que você escolheu ela , não porque não goste de mim , você gosta mas eu não posso dar tudo que você precisa eu não posso ser tudo que você merece eu sempre vou ser mais ingenua e infantil que você , ela é a pessoa certa para estar ao seu lado todos os momentos.
- Jura que você acha isso ?
- Sim Justin!
- Eu escolheria você Alexandra , na verdade você foi minha escolha ! - Meu queixo caiu e meus olhos encheram de lagrimas - Mas ai eu conversei com seu pai hoje ao celular ele me ligou e disse que tinha conversado com Chris e que estava feliz por você ter arrumado alguem que goste de voce - eu engoli seco , isso eu nao esperava - e eu fiquei mal , mas ai eu pensei você não teve culpa de dar uma chance á ele , eu nunca te dei razões para que você acreditasse que eu largaria Isa por você.
- Então você decidiu tentar uma vida com ela
- Sim , eu decidi. 

  Então o silencio reinou , até que eu senti um puxão no meu cabelo e quando vi já estava beijando Justin , eu não deveria fazer isso , mas não dava , então o beijei entrelaçando meus dedos nos cabelos lisos de sua nuca e sentindo a língua dele percorrer a minha e o gosto de bala de menta entrou em minha boca como um gosto de quero mais , sua mão apertou minha coxa e eu pulei em cima dele jogando a cabeça para trás com um puxão no meu cabelo , e seus beijos desceram por meu pescoço e um fogo subiu pelo meu corpo.

- Justin para - Empurrei ele já sem ar e voltei para meu lugar-
- Desculpa.
- Esse foi o ultimo beijo , não faz mais isso.
- Será que tem como ? - Falou mordendo o lábio -
- eu espero que sim Bieber. 
- Vai sair hoje ? - Ele perguntou encarando aquele um monte de carro em nossa frente-
- Vou ao cinema com o Chris você vai voltar pra casa hoje ?
- Provavelmente sim.

  Então  ficamos exatas 2 horas e meia no engarrafamento depois Justin me deixou em frente nossa casa e se foi , entrei e só vi Pattie perguntei sobre o papai e ela disse que ele estava no banho então fui me arrumar logo chris chegaria, coloquei uma roupa simples e comecei a tirar fotos , ok faziam tempos que eu nao tirava fotos.

 E como todas as pessoas normais , tirei 500 mil fotos para gostar de 5 ou menos , é a vida. 
escutei batidas na porta e logo vi meu pai entrar , eu fiquei para quieta olhando para o celular em minha mão , não queria falar com ele.

- Alex - Ele me chamou e eu apenas o olhei - Me desculpe pelo oque aconteceu mais cedo.
- Depois que faz é facil pedir desculpa.
- Você também deveria entender né Alex , nenhum pai gosta de ver a filha nesse estado - Falou olhando para meu pescoço.-
- Não é por isso que ele dá uma surra nela , o senhor está esquecendo que eu já tenho 17 anos pai , daqui a um tempo sou de maior eu sei fazer minhas próprias escolhas , eu sei que enquanto eu estiver debaixo do seu teto eu vou ter que continuar a seguir suas ordens , suas regras , mas uma surra foi o fim para mim.
- Me desculpe , eu me arrependo disso alex , eu estava conversando com pattie - ele suspirou e se sentou na minha frente - e ela me fez perceber que você já é praticamente uma adulta , e eu não vou poder ficar te proibindo das coisas para sempre.
- Eu sei , que bom que entendeu. 
- Eu só fiquei desesperado de ver minha menininha tendo relações desse tipo com um homem e ...
- Pai eu sou virgem. - Ele parou de falar e ficou me olhando confuso -
- Mas e ...
- Essas marcas , são conseguências de algumas coisas , mas eu ainda sou virgem papai. - Ele respirou aliviado -
- Uh ... - Ele se levantou respirando fundo - Nossa ... que bom né... - eu ri do estado dele -
- Calma pai.
- Então vai sair hoje ?
- Sim , vou com o Chris mais não vou chegar muito tarde.
- Gostei desse rapaz , espero que vocês fiquem juntos por um bom tempo 
- Eu também.
- Bom vou sair com Pattie e provavelmente não vamos voltar hoje -Ele sorriu e eu quase vomitei eca nao quero nem imaginar oque eles vao fazer - Então qualquer coisa nos ligue.
- Ok. 

  Então ele saiu e eu dei graças a Deus que aquela conversa tinha acabado , eu sempre conversei muito com o papai mais de um tempo para cá depois que ele se casou nossa relação de amizade está totalmente no fundo do poço.

- Oi - Olhei para a porta e vi chris e sorri -
- Entra - Ele entrou e se sentou na minha frente -
- Voce está linda 
- Obrigada - Sorri envergonhada -

  Então fomos para o shopping assistimos o filme , bem legal , eu acho porque eu não assisti nada só comi e agarrei o Chris e ele correspondia , depois comemos no Mac e eu ainda comprei roupa , Chris era como todos os homens nao tinha paciência para mulher escolher roupa e eu até ri das caras dele.

- Amor espera é só um minutinho - Falei correndo pro provador -
- Ta né

 Devo ter demorado umas meia hora lá dentro quando voltei Chris estava bufando encostado na parede e a mulher do provador ria da cara dele.

- Pronto vamos pro caixa 
- Ainda tem fila do caixa , ai meu caralho. 
- Paciencia amor paciencia.
- ta parecendo a Caitlin comprando roupa
- Ela gosta de comprar ?
- Ama.
- Vou marcar um dia pra vir com ela no shopping.
- Desde que eu fique bem longe vocês podem vir. - Eu gargalhei e beijei ele-

 Estávamos chegando na minha casa eram 23:30 a chuva forte caia lá fora e o frio horrivel , me despedi dele e entrei correndo em casa , estava escura e vazia. Cade o Justin ? Que merda. Acendi as luzes correndo e fui assisti tv , a previsão do tempo avisava que havia dado temporal paras os proximos dias e eu sozinha nessa casa enorme , cade o Justin ? Eu to com medo caramba , me encoli no sofá vendo os clarões pelos vidros da sala e acabei dormindo.

Justin Narrando -

  A casa da Isa não estava das coisas mais divertidas , mas estava bom ter a companhia dela eram tres e meia e ela me convenceu a ficar aqui já que estava chovendo horrores lá fora , comiamos pipoca e assistiamos tv abraçados até meu celular tocar.

~Ligação On~

- Justin ?
- Eu ?
- Você está com Alex ? - Raymond perguntou -
- Não , estou na casa da Isa , vou passar a noite aqui com ela.
- Poxa justin podia ter avisado antes , eu e sua mãe também não estamos em casa.
- OQUE ? Mas como ? ela ta sozinha ? - Perguntei irritado -
- Sim , não consigo falar com ela , o celular só dá desligado e o telefone de casa não esta chamando.
- Que merda , Raymond. Porra. Ta vlw.

~Ligação Off~

- Tenho que ir Isa. - Falei me levantando -
- Mas porque  ?
- O Raymond e minha mãe não estão em casa , Alex ta sozinha e ta de madrugada e ela tem medo de chuva e...
- De novo Justin ? - Ela suspirou -
- Me desculpe , eu escolhi você Isa , mas ela ainda é minha irmãzinha - Falei abraçando-a -
- Será que um dia você vai me amar como ama ela ? 
- Eu espero que sim - Sussurrei em seus cabelos e ela suspirou -
- Não vai por favor.
- Não me pede isso Isa 
- Peço sim Justin , eu to cansada poxa , tudo é Alexandra estamos juntos a 4 messes e meio e esse é o primeiro dia que estamos juntos pra valer porque todos os outros você tinha algo para fazer , você estava ocupado com Alex - Ela falava calma mas sua voz irritada -
- OK , eu não vou - falei me jogando no sofá novamente.

 Eu estava ali mais como todas as outras vezes minha mente , meu amor estava com Alex , talvez eu ainda não saiba oque realmente é amar mas eu sei que eu estou perdidamente apaixonado pela alex , ela é tão meiga e marrenta , com ela eu tenho vontade de fazer as maiores loucuras na cama e depois abraça-lá e dormir de conchinha , isso não é normal ou é?!
  Isadora dormiu em meu colo , á coloquei na cama e deitei em seu lado de costas para ela dormi , um sono perturbado eu sonhei com Alex a noite toda , de todas as formas possiveis inclusive de quatro gemendo na minha cama.

- Justin - Senti beijos em meu rosto - Amor acorda 
- Ham ? oque ? - Acordei assustado e vi Isa -
- Oh, bom dia - falei dando um selinho nela-
- Bom dia amor , vamos tomar café ?
- Que horas são ? 
- Sete horas - Ela falou olhando o relógio -
- Desculpe amor , mas eu realmente tenho que ir , vou passar no starbucks e levar algo pra Alex e eu também tenho que ir pro colégio hoje , se não passava o dia com você.
- Okay. Vai vim aqui á noite ?
- Você quer que eu venha ? - Perguntei rindo -
- Óbvio.
- Então eu venho linda - Beijei ela e me levantei pegando meu casaco -

  Sai do prédio debaixo de chuva e o manobrista ja havia colocado meu carro lá em frente , entao voei para casa , chovia forte , até demais eram pouquissimos carros vistos nas ruas então logo cheguei , estava tudo escuro acendi a luz da sala e sorri bobo vendo alex encolhida no cantinho do sofá dormindo , como um gatinho com medo então fui até ela sentindo seu rosto gelado.

- Oh como eu te amo ... - Beijei sua bochecha e a peguei no colo , ela se remexeu e aconchegou o rosto no meu peito -

  Dormindo parecia tão fragil e ingenua , acordada parecia tão adulta e uma mulher formada , é essa garota ainda me mata. A Deitei na minha cama e fui tomar banho , precisava de um banho quente e relaxante quando sair do banheiro já vestido vi Alex se remexendo na cama , acordando.

- Bom dia - Falei sorrindo e ele coçou os olhos como uma criança quando acorda -
- Como eu vim parar aqui ? - Falou sentando ainda com sono -
- Eu cheguei e te trouxe para cá , você estava na sala. Eu ia trazer algo para comer do Starbucks mas preferi vir te buscar para irmos lá.
- Ah... Ok , vou tomar banho.

   Ela saiu correndo pelo quarto e quase uma hora depois voltou arrumada e então fomos calados ela quase cochilando no banco e eu rindo dela até o celular tocar e ela atender 

~Ligação On~

- Oi amor - ela falou sorrindo -
- ....
- Tudo sim , o babaca do Justin nem voltou pra casa ontem fiquei sozinha. - Falou me fuzilando -
- .... 
- Ah eu nem pensei nisso , também não queria te fazer voltar naquela chuva toda. 
-....
- Ok. 
- ....
- Estou indo no starbucks com o Justin , pelo menos agora ele lembrou de mim e lembrou que preciso comer.
- ....
- É eu sei. 
-....
- Vou pedir uma carona a ele , não gosto de sair na chuva de carro. 
- ....
- Ok amor qualquer coisa ligo , beijo.

~Ligação Off~

Amor , amor , amor blerh vou vomitar. Ela nao deveria chamar outro de amor , não mesmo que raiva parei em frente ao starbucks e desci com o guarda-chuva fui até o outro lado para ela nao sair e se molhar e depois entramos , pedimos algumas coisas e sentamos.

- Oque Chris queria ?
- Só saber se estava bem e bah.
- Ah entendi.
- E você pode me dar uma carona até o colégio hoje ?
- Pede pro Chris - falei bufando -
- Deixa de ser ciumento Bieber - ela riu -
- Não tenho ciumes de você Cure.
- To vendo. - Ela gargalhou da minha cara -
- Deixa de ser chata. Onde será que o seu pai e minha mae estao ?
- Não sei , eles estão muito estranhos , meu pai só diz que são problemas particulares e que logo fica tudo bem. 
- Não sei não em ...
- É to curiosa - Eu suspirei e ela fez careta - Justin 
- oi ?
- E seu pai ? Você nunca me falou dele.
- Meu pai ta bem , casado e tem dois filhos , Jaxon de 6 e Jazmyn de 7
- ÓH , tudo com J qual nome do seu pai ?
- Jeremy - Eu gargalhei e ela fez um "o" com a boca. -
- É tudo com J. Quando você tiver um filho vai ser com J também ?
- Não , se for menina eu quero Megan se for menino Andrew mas tem o gosto da mãe também né.
- Gostei dos nomes. 
- Então senhorita Cure , que tal dar uma passada na casa do meu pai - Ela sorriu com a ideia-
- Será que nao vai incomoda-lo ?
- Não , o velho ta em casa , vamos ? - Falei terminando oque comia -
- Sim vamos.

  Então voltamos para o carro e fomos rumo a casa do meu pai não era uma mansão como a nossa casa , mas era grande bonita e com piscina. Toquei campainha e Erin atendeu ela ficou me olhando de cima abaixo de boca aberta.

- Esqueceu quem sou eu ? - Sorri e ela me abraçou -
- Oh meu Deus menino , como voce cresceu já é um homem feito.

Ela estava boba e eu gargalhei faziam uns 3 anos e meio que nao via Erin , eu via Jaxon e Jazzy as vezes pela Web mas ela nunca estava , meu pai se casou com ela e entao veio Jaxon e Jazmyn meus pequenos perturbados. 

- Entrem vou chamar o Jeremy e as crianças - Entao ela subiu as escadas correndo e gritando -
- a casa é muito bonita - Alex falou olhando em volta a sala - Olha ... é você ? - Ela estava de boca aberta -
- Sim , eu tinha uns 16 anos ai.

  Um quadro extremamente grande em cima da tv , com uma foto minha , do meu pai , da erin do Jaxon e da Jazzy num álbum que Erin quis fazer pouco Depois de Jaxon nascer.

- Você era muito fofo - Sussurrou olhando umas outras mil fotos espalhadas pelo local e lá estava eu na maioria -
- Obrigado.
- Eu não disse nada. - Ela fechou a cara -
- FILHO - Escutei passos na escadas e logo vi meu pai descendo sem camisa -
- Eae meu velho - fiz toque com ele -
- Olá
- Oi - Alex corou e ele beijou sua bochecha -
- Essa é Alexandra e esse é Jeremy meu pai.
- Prazer conhece-lo.
- O prazer é todo meu lindeza - Ele encarei meu pai feio vendo ele rir da minha cara - Que milagre é esse você por aqui ?
- Vim visitar estava com saudades ué , cade Jazzy e Jaxon ?
- Estão saindo do banho ja ja descem então sentem vou pegar algo para beber. - Ele saiu da sala -
- Caralho já vi da onde você puxou toda esse gostosura - Alex falou mordendo o lábio e eu ri mas a olhei incrédulo , ela estava chamando meu pai de gostoso- 
- Não creio nisso Alexandra.
- Que foi ué - Ela deu de ombros e não pude deixar de gargalhar -

  Então o velho voltou com cerveja para nós e Refrigerante para Alex e começamos a conversar , falei que Alex era filha do raymond e logo depois Desceu Jazzy correndo pela escada , ela estava enorme.

- Oh meu Deus como você cresceu garota.
- Oh meu Deus você ta parecendo um homenzinho agora - ela falou sorrindo com os olhos arregalados E alex gargalhou ao meu lado -
- Eu sempre fui homem Jazmyn.
- Eu sei Justin - então ela pulou em meu pescoço e me abraçou apertado - até tem uma namorada - Ela falou olhando para Alex. 
- Oh ... não ... eu não sou namorada dele pequena. - Alex corou violentamente e eu ri -
- Ela é só minha mais nova irmã perturbada Jaz.
- Mas porque ela é bonita e você ta sorrindo que nem bobo só porque ela esta aqui - Ela falou e eu á coloquei no chão , ela sentou na mesa de centro encarando eu e Alex no sofá. -
- Eu não to sorrindo que nem bobo.
- Sua cara já é de Bobo Bieber. - Meu pai gargalhou e eu o olhei feio -
- Ha ha ha engraçada você. Ela é namorada do Christian
- Seu amigo ? - Meu pai perguntou de boca aberta -
- Sim pai , Eu ja tenho namorada jazzy
- Quem é ela ? - Ela perguntou desmanchando o sorriso -
- Uma vaca com pernas. - Alex falou e depois pareceu pensar que tinha falo por impulso -
- Sinto cheiro de ciumes. - Jazmyn falou rindo -
- Você está muito esperto para o meu gosto Jazmyn.
- Eu ja sou uma mocinha Justin , vou fazer oito anos. 
- Olha que mocinha mas esperta Justin. - Alex sorriu -
- E porque a namorada dele é uma vaca com pernas ? - Jazzy perguntou curiosa -
- Hm .. Um dia quando você conhece-la você descobri.

   Então escutamos outra correria e Jaxon pulou de algum degrau caindo no chão da sala fazendo um estrondo e veio correndo até nós , ele olhou para mim e para Alex e sorriu vindo me abraçar.

- Eai meu parceiro - apertei ele  que já estava enorme também -
- Oi Justin , quem é essa linda ? - Ele pulou pra o colo de Alex -
- Gente a atração principal aqui tem que ser eu - Falei e todos riram -
- Desculpa , ela é mais bonita - Jazzy falou rindo- Mas ainda quero saber quem é sua namorada. - Falou séria -
- Justin está namorando ? - Escutei a voz de Erin e agora todos iriam me interrogar -
- Sim estou. 
- Com ela ? Se for bom gosto em Justin. - Ela falou sorrindo e Alex corou novamente -
- Não é com ela Erin , minha namorada se chama Isadora, vou marcar um dia para conhece-la.
- Não gostei do nome - Jazzy fez careta e deu de ombros -
- Jazmyn! - Erin chamou sua atenção - Meninas , e Jaxon vocês podem me ajudar na cozinha? - Erin as chamou e levou todos para a casa , inclusive Alex enquanto eu e meu pai sentamos olhando para a tv -
- Que gata em - Sussurrou sentando do meu lado no sofá -
- Demais essa menina me deixa louco. - Falei bebendo e ele riu -
- Foi você que fez aquilo com ela ? - Eles fez sinal apontando pro pescoço e boca -
- Óh... Nao não - fechei a cara - Infelizmente não fui eu
- Vish perdeu pro Chris Justin
- Também não foi o Chris pai , eles começaram a namorar ontem.
- Então essa menina só tem cara de santa é uma safada em.
- Wow o senhor não sabe de nada , essa menina é a pessoa mais meiga que eu ja conheci mas quando ela quer ela sabe instigar alguém.
- Você e ela já chegaram...
- Não , eu nunca quis ela é virgem não seria justo porque mais que eu queira não é nem um pouco justo fazer isso depois ela vai se arrepender e eu vou me fuder.
- Mas voce sabe que uma hora ou outra pode ser o Chris ou não mas vao fazer né
- Ér... - Eu nunca tinha pensado exatamente naquilo - 
- E a sua tal namorada ?
- Isadora , bom ela é legal , gosta de mim , é gostosa e rebola bem.
- Você já reparou em como você fala da sua namorada Justin ?
- Sim ... - Encarei a tv -
- Você fala dessa Isadora como uma simples peguete que você fica de vez em quando. Porque está com ela se ama a Alex ?
- Eu não amo a alex ? Não sinto nada por ela. 
- Ok , porque está com ela se você "não" ama a alex ?
- Me fizeram escolher eu escolhi a Alex e ela já estava com o Chris então estou tentando com Isadora se não der certo eu termino.
- Okay entendi. Mas que você está de quatro pela Alexandra isso ta na cara Justin.
- pow pai - Ele gargalhou e bebeu mais.

  Conversamos mais um pouco sobre Alex e depois a chamei para ir embora fomos para casa conversando e rindo como duas pessoas normais , sem brigas , sem xingamentos , sem nada apenas gargalhadas e musica. Eu  gostei disso.

Alexandra Narrando -

 É a minha manhã tinhas sido uma das mas agradáveis ,depois que me arrumei e Justin também fomos para o restaurante próximo ao colégio o que eu havia vindo ontem com chriz.

- Você gosta do Chris ? - Ele perguntou me fazendo corar -
- Sim Justin , eu gosto , ele me faz sorrir e esquecer o mundo sabe.
- Sei - ele falou sorrindo e me encarando por alguns segundos , me fazendo ficar sem graça-
- Vai voltar para casa hoje a noite ?
- Talvez sim , talvez nao quem sabe - Ele deu de ombros sorrindo -
- Af , você deveria saber né. Já que provavelmente vou ficar só de novo vou chamar Chris para lá - Mordi o lábio rindo e ele fechou a cara -
- Para que ?
- Assistir filme , pipoca , dá uns pegas essas coisas , as mesmas coisas que você e Isa provavelmente fazem.
-  ENTÃO VOCÊ VAI DÁ PRA ELE ?...

                            
 Não me matem com oque vai acontecer até o ultimo capitulos please :3

Respondendo Coments :3

Anônimo (Raabe) : Paçocas magicas ? gostei kkkkkkk Justin ainda vai ficar mais puto mantenha a calma e sim a fernanda e a Alex vão se encontrar tanto novamente nessa temporada quanto na segunda :3
Rafaela Valdo: Vai se foder mesmo , ainda vai se foder mais nos proximos capitulos kkkkkkkkk Voou eles vao ficar juntos um bom tempo.
Rita Moreira: Vão sim , mas juntos tipo namorar mesmo na segunda temporada até pq essa já está quase ao fim :C Mas nao se preocupe tudo que eles nao fizeram nessa na proxima tem kk
Thais - @drauhlquenga: Eles vao ficar sim , em breve kkk e vou ler sim amr
Anônimo: Põe machista nisso , mas ele vai se tocar que ele é um idiota e que ele vai fazer uma grande burrada só esperar e ler :3
Anna Maia: Também gosto do chris e ele nao vai atrapalhar os dois , eles vao ficar juntos um tempo :3

                            15 COMENTÁRIOS