26 de mar de 2014

Jogo de Sentimentos ♀♂ - 2° Temp - 14° Capitulo


BRUCE: Não duvido de sua capacidade , você me provou que é capaz de muito mais do que muitos esperam meu filho , então Acredite tudo ficará bem.
EU: Eu acredito... 

Eu sorri de lado para ele antes de sair de casa novamente para o bendito hospital  todos continuavam sentados com cara de intediados mas Erin e Jeremy nao estavam mais ali.

EU: Cade Meu pai ?
PATT: Liberarão visita , só pode entrar de dois em dois e Erin e Jeremy entraram
EU: Hm -Me sentei esperando ansiosamente que eles saisem-  Falaram sobre o estado dela ?
PATT: Ela esta meio grogue por causa da medicação para que ela nao sinta dores de cabeça
EU: Mas ela vai ficar bem?
PATT: Sim meu filho sim. -Falou me abraçando-

Será que alguém ja tinha contado para ela sobre a Louise ? Acho que não se não ela estaria me xingando e brigando comigo ,mais eu vou ter que contar né ? Levantei e puxei Caitlin comigo para a lanchonete.

EU: Como eu vou contar para minha mae ?
CAITLIN: Foi você que meteu né ?
EU: Foi
CAITLIN: Então se vira -deu de ombros-
EU: Óh tu é a amiga que todos pedem a Deus -fiz ironia e ela gargalhou-
CAITLIN: Serio irmão , conta logo 
EU: Como vou falar que engravidei minha irmã ?
XXX: VOCÊ OQUE ? -Arregalei os olhos e Caitlin olhou pelos meus ombros- 
CAITLIN: Meio caminho andado -Me deu dois tapinhas no ombro e saiu , fudeu-
EU: Ér... mãe 
PATT: AGORA QUEM VAI TE BATER SOU EU -Ela falou gritando e eu me afastei-
EU; Calma mãezinha , calminha.
PATT: Cala a boca.
EU: Mas eu posso explicar...
PATT: Explicar oque Drew Bieber ? que você transou sem camisinha?
EU: Foi sem querer , estavamos naquele te...
PATT; EU NAO QUERO SABER JUSTIN. -Ela bufava furiosa , olhou para mim , olhou de um lado pro outro umas 3 vezes depois saiu marchando-

Tem como piorar Senhor ?
Bufei tbm e voltei para a espera , minha mae nao estava lá meu pai e Erin pediram para que eu entrasse para ver Sam e eu fui quase voando , assim que entrei vi ela olhando para o teto ela nao se mexei para ver quem entrava , ela nao estava bem

EU: Sam , meu amor -Beijei sua mão , sua bochecha eu queria puxa-lá daquela cama e aperta-la em meus braços- Fala comigo você esta bem -Ela apenas virou os olhos em minha direção e nao se moveu- Você esta com dor ?
SAM : Sim -Ela falou mais para dentro , mas era tão bom poder escutar sua voz-
EU: Onde ? onde esta doendo ?
SAM: Cabeça. 

Fiquei um bom tempo fazendo carinho na cabeça dela ela até cochilou mais acordou assustada , quase deu um pulo.

SAM: Louise -Ela falou alto-
EU: Ela esta bem amor , ela esta bem.
SAM: Cuida.. dela
EU: Vou cuidar , nós vamos cuidar. -Falei alisando suas bochechas e ela fechou os olhos-


Fiquei mais uns 30 minutos ali ao seu lado e depois deitei na poltrona eu só queria acordar e escutar as batidas da Sam ou o telefone tocando e o porteiro falando que tinha alguém querendo me ver de madrugada e teria sido tudo diferente. 

EU: Já posso acordar ta ? -Falei olhando para cima como se fosse adiantar algo-

Bufei e olhei para Sam , ela estava olhando para mim , fiquei vermelho sem querer e ela sorriu de leve , levantei e fui até ela 

SAM: Bem ?
EU: Sim.
SAM: Eu quero sair daqui
EU: Você nao pode ainda
SAM: Porque nao?
EU: Porque tem que ficar de repouso e fazer muitos esames 
SAM: Mas eu quero..
EU: Amr nao -Ela bufou-
SAM: Você ja voltou a fazer shows ?
EU: Como com vocês aqui 
SAM: Estamos bem 
EU: Não posso sair por ai cantando enquanto ...
SAM: Vai. 
EU: Não.
SAM: Vai , por mim 
EU: Não Samantha 
SAM: Por nós ?

Bufei dei as costas pra ela e sai do quarto , mas que merda como ela consegue eu fazer as coisas mesmo não querendo ? 

EU: Scooter. -Falei respirando fundo , eu gostava de cantar , dançar , viajar pelo mundo conhecendo lugares e Beliebers , mais agora era diferente nao é só eu e o mundo , é eu , Samantha e uma criança-
SCOOT: Eai como ela esta ?
EU: Ficando bem. Eu queria falar sobre ...
SCOOT: Sobre ?
EU: Carreira
SCOOT: Eai vai voltar ? -Ele sorriu como uma criança que ganhava doce-
EU: Eu ... -Cocei a cabeça , meu coração gritava "SIM" minha mente gritava "NÃO" , mas que crlh-
SCOOT: Você ?
EU: Aaah .. -Resmunguei e me joguei sentado na cadeira- Eu.. Não sei
SCOOT: Como nao sabe ?
EU: Minha cabeça diz Não , Meu coração diz Sim 
SCOOT: Siga seu coração 
EU: Grande merda.
SCOOT: Justin isso era pra ser um momento legal kra , e nao um "grande merda" 
EU: Ah foi mal , mas se eu soubesse qual seguir seria mais facil
SCOOT: Pow Brow , você conseguiu isso tudo , você chegou até aqui para parar no caminho ? Você foi o unico jovem no mundo que cresceu por via Youtube , não precisou de nickelodean , nem de Disney quando a sua filha tiver com 7/8 anos ela vai poder virar e contar isso para os amigos , vai poder se orgulhar e dizer "meu pai nao desistiu , mesmo comigo e com a mamãe  no hospital ele continuou batalhando para cuidar de nós"
EU: Olhá isso mexe com meu sentimental -Falei e gargalhei- Eu vou voltar brow , tambem nao conseguiria me adaptar em outro emprego nunca.
SCOOT: Eu sei disso , imagina você trabalhando em uma coisa normal
EU: Cóe eu me sairia bem pra caramba.
SCOOT: Sei sei , mas ae já posso retomar a agenda ?
EU: Pode , mas pega leve -Fiz toque com ele-
SCOOT: Pode deixar -Sorriu pegando o celular-

  Voltei para o quarto de Samantha e ela sorriu para mim , eu sorri para ela e fiquei parado em pé na porta com a mão nos bolsos mordendos os lábios.

SAM: Assim eu não resisto baby - Ela falou e deu um gargalhada tão gostosa que eu gargalhei junto -
JUS: É tão bom te ver sorrindo.
SAM: É tão bom te ter aqui - Ela sorriu - Veio um doutor aqui - Ela franziu o cenho -
JUS: Que doutor ?
SAM: Baixinho , da sua altura , bonitinho , olhos claros e gostoso - Ela falou e eu revirei os olhos -
JUS: Hm ata , oque ele disse ?
SAM: Apenas me deu um remédio para dor e disse "Você tem muita sorte e ter uma familia e amigos como os seus" e eu respondi "eu sei" depois ele sorriu e saiu  - Eu sorri mesmo morto de ciumes -
JUS: Que bom que você sabe que nós te amamos.
SAM: E eu amo você .. ér vocês - Ela sorriu de lado e eu me sentei no sofázinho - Quando vou poder ver ela ? 
JUS: A Lou ? Hm.. em breve , ela é muito linda 
SAM: E porque não agora.
JUS: Tudo na sua hora e no seu momento. - Ela assentiu -

 Conversamos algum tempo e assim que ela soltou o primeiro palavrão e me tacou o copo eu percebi que a Minha Samantha estava bem e pronta pra aprontar mais um monte, Só espero que ela crie mais juizo...

  
Então como voltei a postar please colaborem comigo , DIVULGUEM porque perdi muitas leitoras e seu que voces não tem culpa mais me ajudem sério mesmo por favor :D


Sobre "Jogo de Sentimentos"

Boom como muitos perceberam eu exclui jogos de sentimentos , é eu exclui e deixei a Lavinia minha amiga postar no blog dela , comecei a postar outra IB e muita gente tava pedindo para mim voltar a posta-lá e caralho eu tava com muita saudades dela :3 Então vou voltar a postar , mas gente vai ser dificil , to aqui tentando adiantar uns capitulos para nao deixar vocês sem IB , mas olha esse ano ta corrido to estudando muito para fazer prova pra colégio tecnico mas vou tentar entrar em um termo entre Blog e estudos :D 

MAS É ISSO TO DE VOLTA BBZAS <3


25 de mar de 2014

Slaps and Kisses - 1° Capitulo


Justin Narrando - 

   Acordei com tudo girando , minha cabeça latejava , meus olhos não queriam se abrir de jeito nenhum e alguma música irritante tocava insistentemente , coloquei a mão por debaixo do travesseiro e atendi.

- Alô - Falei sem a menor vontade -
- Bom dia para você também filho - Porra , minha mãe -
- De bom não tem nada mãe.
- Bebeu de novo Justin ? , Quando você vai se cansar de ir para essas festas e passar a madrugada inteira bebendo ?
- Oh mãe já vai começar de novo ?
- Não , até porque eu não liguei para isso.
- Então ligou para que ?
- Olha como você fala comigo ainda sou sua mãe.
- Desculpa mãe , mas fala vai. -Falei já quase implorando , queria desligar o celular e voltar a dormir-
- Eu vou me casar - Pulei da cama trincando os dentes e querendo esmurrar a cara do sujeito , mas me deitei novamente assim que minha cabeça latejou-
- MAS EM ? como assim vai se casar ? pensei que fosse só um namorinho.
- Estamos á 2 anos juntos meu filho , pensei que você já estivesse pensado na hipótese de que eu iria casar.
- Porque eu ficaria pensando nisso ? Você é minha mãe , prefiro pensar que você ainda é Virgem.
- Mas que idiotice Justin. Mas enfim eu vou me casar daqui a 2 semanas e quero que você venha morar conosco.
- Conosco quem ?
- Acorda Justin , comigo e com o Raymond ou melhor , comigo , com ele e com a Filha dele.
- Filha ? Que filha ? - Oque mais eu não estou sabendo em ? , pensei mas fiquei calado -
- Alex , uma linda menina
- Meresso , ta ta eu vou
- Quando você vem ?
- Quando a senhora vai se casar ?
- Daqui a 2 semanas
- Chego 1 dia antes do seu casamento
- Mas só 1 dia ? pensei que fosse me ajudar com as coisas.
- Não sou mulher não mãe , não entendo bulufas de casamento nem nada.
- Em Justin por favor
- Ok mãe , chego 1 semana antes do casamento até porque preciso ir atrás de emprego , casa e etc
- Pensei que você fosse morar conosco , estamos reformando a casa e fazendo um quarto para você
- Ai mãe -Bufei- Ok eu moro com vocês
- Eee , Ok filho te espero daqui a 1 semana
- Tchau Mãe.

  Joguei o celular no chão e abracei meu travesseiro novamente , Nunca fiquei tão feliz em desligar um celular , detesto que me liguem a essa hora da manhã , olhei para o relógio.

- CARALHO - Xinguei bem alto e vi Sabine entrar correndo no quarto- Porque não me chamou Sabine ? -Perguntei levantando da cama correndo apenas de cueca e entrando no banheiro-
- Eu te chamei 5 vezes e você disse que não ia ao colégio hoje.
- Que droga , tem reunião de professores daqui a 30 minutos. - Gritei já debaixo do chuveiro-

  Nunca me arrumei tão rápido , coloquei a roupa que Sabine deixou em cima da cama , provavelmente para que eu fosse mais rápido e desci correndo , dei um beijo nela e peguei as chaves do carro só escutei ela gritando "Não vai tomar café" e eu respondi um "Não" bem alto já da garagem.
   Sabine  é minha Segunda mãe , ela que faz tudo , lava , passa , cozinha e me atura quando eu estou de ressaca ou mal humor , durante esses 6 anos que eu moro aqui ela sempre esteve comigo , Até me dá puxão de orelha quando faço alguma burrada , oque é sempre. Eu trabalho em uma Universidade que fica a uns 45 ou 50 minutos quando não tem engarrafamento. Tomei o comprimido para dor de cabeça que estava no porta luvas do carro e consegui chegar na Universidade já entrei depressa a reunião já havia começado a uns 25 minutos mesmo assim entrei e sentei.
  Foi uma reunião chata , falamos sobre as notas dos alunos , sobre os alunos que iriam ficar em recuperação e sobre os alunos "bagunceiros" e por fim eu terei 10 alunos na recuperação dessa semana de Biologia , eu adoro fazer sexo , mas detesto explicar sobre pra um monte de marmanjos de 17 anos. Assim que terminou a reunião falei para Carmen que queria falar com ela , Carmen é a diretora do colégio eu e ela temos uma relação colorida , as vezes nos fins de semanas nós damos uns pegas , sabe ?! , mas ninguém nem sonha com isso , só Micael o meu Amigo que viu quando saimos de uma boate em um dos sabados que ficamos.

- Pois não Sr. Bieber - Ela falou mantendo a postura que na cama , eu sei que ela não tem -
- Carmen , eu vim comunica-lá que não poderei mais trabalhar aqui. -Ela desfez aquela postura séria e me olhou com uma cara de quem não queria que eu sai-se -
- Mais porque ? Tem algo de errado ? , se tiver podemos conversar e mudar.
- Não , nada de errado , eu adoro trabalhar aqui é que minha mãe vai se casar daqui a 2 semanas e quer que eu vá para o Canadá morar com ela com o marido. - Ela suspirou -
- É muito ruim perder um dos melhores professores desta Universidade , os alunos tem amam , Umas alunas até demais - Nós rimos - Mais se é assim eu vou fazer uma carta de recomendação para caso você for em busca de emprego em alguma Universidade por lá.
- Obrigada. -Eu me virei indo até a porta e antes de sair me virei para ela novamente - Ah não marque nada para sabádo que vem , você sairá comigo para ... Jantar. - Pisquei e vi ela sorri antes de sair -

   Sou muito foda e gostoso ,gargalhei dos meus próprios pensamentos , e senti quando um tapa foi depositado em minhas costas , olhei e vi o Micael ao meu lado sorrindo.

- Eai Bieber - Fiz toque com ele -
- Eai Micael
- De novo querendo pegar a Carmen cara ? - Soquei o braço dele -
- Cala  a boca mano, o unico que sabe disso é tu e nao cara , nao quero pega-lá de novo , apenas fui informa-lá que vou sair do colégio
- Como assim Bieber ?
- Minha mãe ligou dizendo que vai se casar e quer que eu vá morar com ela.
- Mas se ela vai se casar ela nao deveria querer você longe de lá ?
- É , vá entender. Até porque ele já tem uma filha , tal de lex slá
- Ué se divirta com a nova irmãzinha
- Ta doido , deve ser mó pirralha
- Ah , ae é foda , mas enfim vamo pra que balada hoje ?
- Balada nenhuma , amanha começa a recuperação desse povo , tenho que preparar maté...
- Ta de ressaca de ontem ? - Perguntou já afirmando e eu apenas assenti - Te chamei pra ir embora ontem da boate , mais tu tava pensando com a cabeça debaixo , tava lá no mó entrosamento com a loira.
- Eu perdi um pouco a linha.
- Você sempre perde.
- Ta vlw brother , tenho que ir.

  A semana começou entediante , tinham 10 alunos de recuperação , 6 meninos , 4 meninas sorte que pela manhã não tinha ninguém em recuperação , já era quarta feira , a aula havia acabado as 17:30 como de costume , todos sairam e vi Rose parada em frente a minha mesa , aquela sainha curta blusinha colada e cabelos loiros e longos , ela sorria e mordia os lábios como fez da outra vez que eu e ela "ficamos".

- Pois não - Falei assim que terminei de guardar minhas coisas-
- Eu tava pensando .. se o senhor não podia me dar umas aulas particulares - Falou mexendo no cabelo , como uma cachorra no cio , assim eu não resisto -
- Quando ?
- Pode ser amanha na minha casa , o senhor sabe aonde é , não sabe ?
- Sim sei, então amanhã pela manhã ?
- Sim , as 9:00 está bem pro senhor ? - Perguntou e eu assenti  , logo sai da sala e escutei passos atrás de mim-  Senhor Bieber. -Me virei , xingando mentalmente - O senhor pode me dá uma carona até a minha casa ? Eu estou sem carro hoje.
- Claro , é bom que eu relembro o caminho da sua casa.
- Obrigado.

  Fomos calados metade do caminho , até eu colocar uma música para tocar na rádio e começamos a conversar sobre bandas e sobre matérias da escola e logo eu estacionei de baixo de uma árvore que tinha no outro lado da rua da casa dela.

- Professor - Ela falou sem me olhar , apenas olhando em volta-
- Oi ?
- Esse carro da para ver através dos vidros ?
- Não , porque ?
- Ata - Ela não espero nem eu respirar antes de me atacar e me beijar. -
- Ei ei ei - Empurrei ela respirando ofegante - Oque faz você ach... Ah foda-se - Puxei ela pelo braço e a beijei novamente -

  Tava pouco me fudendo , semana que vem iria embora mesmo puxei ela pra cima de mim e ela veio sem excitar em momento algum. Que vadia. Eu já estava excitado , ela se esfregava em mim como uma puta no cio e eu estava a ponto de tirar seu short e fode-lá aqui mesmo.

- Me chupa - Falei mais como uma ordem e ela se sentou no banco do carona e logo se abaixou , caindo de boca sem nem pensar duas vezes - Gostosa - Falei arfando enquanto ela me chupava com gosto , fazia um vai e vem e me fazia delirar - Oh crlh , gostosa eu vou gozar - Assim que eu falei ela começou a me chupar com tanta vontade que eu joguei a cabeça para trás e gozei , pouco me importando se ela sentiria nojo ou nao , Para minha Não surpresa ela engoliu ainda lambeu os lábios-
- Obrigada pela carona professor , até amanha.

  O resto dos dias passaram bem depressa , comprei minhas passagens para o Domingo a noite chegaria na Segunda de manhã com certeza , os alunos todos passaram na recuperação , eu e Rose ao invés de estudarmos na quinta pela manhã , transamos e muito , Biologia foi a ultima coisa que pensei , Sabado a noite sai com Sra. Carmen , levei ela para jantar depois fomos para a casa dela , ou melhor para o quarto dela , e olha que mulher delicia na cama , 29 anos de pura gostosura , e hoje Domindo aos 12:00 eu to jogado no meu sofá assistindo basquete e comendo Takis.

- Preparado para a viagem ? - Perguntou Sabine saindo da cozinha
- Bom , mais ou menos , encontrar velhos amigos , pessoas novas e aturar marido babaca da minha mãe.
- Ah vai Justin , talvez ele nem seja tão babaca - Falou se sentando no outro sofá -
- Com certeza é , e de brinde ainda tem uma filha.
- Ai ai meu filho , pare de tirar conclusões precipitadas. - Falou e logo saiu da sala -

  Já era á noite e estávamos dentro do avião agora não tinha mais jeito , era só aturrar , Marido novo da "mamãe" , Irmãzinha pirralha nova , e mamãe chata falando oque eu faço de errado.
  É Vida nova , Família nova.



   Oii minhas vidas , nossa como eu tava com saudades disso aqui meu Deus , obrigado as que comentaram na sinopse , como eu fiquei muito tempo sem postar perdi muitos leitores então quem poder indicar em blogs e etc eu agradeço de coração :D 

OPS: E gente eu estou colocando afiliados no blog , então quem quiser só me falar nos comenters e a Mundo de Belieber eu já coloquei como afiliado é uma honra te-la aqui estou lendo suas Ibs  ;D

5 Comentários <3

23 de mar de 2014

Slaps and Kisses. - Sinopse


   Depois de 6 anos morando na Argentina Justin recebe a inesperada noticia , Pattie sua mãe irá se casar em menos de 3 semanas. seu noivo ? Raymond Cure , pai de Alexandra Cure , garota mimada , tem tudo que quer a hora quer sem muito esforço , Ela e Justin tem quase tudo em comum até  mesmo o Ódio que ambos sentem um pelo outro , Como se conhecem ? Eles estudaram no mesmo colégio alguns anos e agora morarão de baixo do mesmo teto , terão a mesma vida , o pior Serão Irmãos. Só que ambos não sabem deste pequeno Detalhe e muito menos da "pequena" consequência eterna que o desejo lhe dará.

                                                           " - Eu não suporto você.
       - E eu muito menos você
          - Então me beija caralho! "