5 de jan de 2014

Jogo de Sentimentos ♀♂ - 2° Temp - 13° Capitulo


WENDY: Vai entrar ?
EU: Eu... nao sei -Bati a cabeça na parede- e se eu nao tiver coragem de chegar perto... e se...
NATHAN: Seja Forte , por elas 

Fechei os olhos e repeti pra mim mesmo umas centenas de vezes mentalmente "seja forte , por elas" e abri aquela porta contrariando todos os meus instintos que diziam pra eu voltar para trás e sair correndo dali , mas eu ainda sim andei até Oliver e o Brian que estavam em pé vidrados em uma pequena incubadora assim que eu olhei para oque eles olhavam eu fiquei sem reação , era uma coisa tão pequena , um pouco maior que minha mão , eu fiquei tão sem reação que eu nao sabia oque tremia mais , minhas pernas ou minhas mãos.

BRIAN: Tudo bem ?
EU: A .. a ... a ... ca-ca-ca-caralho -Eu gaguejei mais do que falei-
BRIAN: Quer uma agua ?
EU: Nã-nã-não

Me sentei em uma cadeira que estava do lado da encubadora e coloquei a mão no buraquinho ela era tão fofinha , a pela que ainda não tinha uma cor definida mas parecia que ia ser branquinha , ela nao tinha unhas e nem sobrancelha , peguei na mãozinha frágil

EU: Oi princesinha -Sorri com lagrimas nos olhos-
OLIVER: Eu acho que ela vai se parecer com a Sam
BRIAN; Eu já acho que ela vai se parecer com o Justin 
EU: Eu acho que ela vai ser perfeita como for e vai ter um futuro brilhante pela frente.
OLIVER: Papai coruja 
BRIAN: Quero ver quando ela tiver querendo namorar por ai 
EU: Sumam daqui -olhei com cara feia e eles riram antes de sairem-

Fiquei um bom tempo ali sentado olhando para aquela coisa pequena , só me dei conta do mundo a minha volta quando meu celular vibrou , sms do Scooter.

"Ai bro , tudo pronto hoje vou ir prai e amanha estaremos trazendo a Sam e a coisinha pra cá ok ?"


"Ok ok , vlw nao sei oque seria de mim sem você <3"

Dei mais uma olhando para aquela criança pequena e sai daquela sala Brian , Oliver e Wendy conversava do lado de fora ..

EU: Noticias meu povo
WENDY: Eai ?
EU: Scooter ta vindo pra cá hoje , amanhã estaremos indo para o Canadá com eles
OLIVER: Compramos as passagens para que horas?
EU: Nao precisa , vou falar com o scooter ele vai vim com meu jatinho e vocês voltam com ele e vão levar as crianças , e eu vou no outro avião equipado com Sam o bebê e o Scooter.
BRIAN: Vai ser uma viajem complicada né ?
EU: Acho que sim... mas é nossa unica opção
WENDY: Seja oque Deus quiser.
OLIVER: Amém.

Fomos para a lanchonete a unica que comeu ali foi Wendy pois eu estava com a minima fome nada iria descer , NADA. Ficamos conversando , conversando , conversando e por fim oque decidimos, NADA.

WENDY; Seguinte. -Ela chamou nossa atenção quase gritando- Agora quem vai mandar aqui sou eu , Eu e Brian iremos em casa ajudar a estranha a arrumar as coisas , Oliver e Justin fiquem aqui e qualquer noticia liguem.
EU: Tenho outra opção ?
WENDY; Não , e nao se matem.

Ela nos olhou bem seria antes de se levantar e sair dali com Brian que não deu uma palavra se quer , Oliver me encarou e eu encarei ele e continuamos calados.

EU: Pode me dizer porque você nao gosta de mim ?
OLIVER: Oque te faz achar que não gosto de você ?
EU: Seu jeito.
OLIVER: Ok , eu não gosto mesmo de ti.
EU: Me diga , porque ? Oque te fiz ?
OLIVER: Samantha. Eu gosto dela , sempre gostei quer dizer eu amava outra pessoa mas eu sempre gostei dela e você sempre a teve em suas mãos mais nunca a valorizou 
EU: Não valorizei ? -Ele assentiu-
OLIVER: Sim.
EU: Para. Eu a amo desde que essa criaturinha apareceu na minha casa e meu pai virou pra mim e disse "A partir de agora essa é sua nova irmãzinha"  tivemos uma pequena história juntos até porque depois nos afastamos , eu segui carreira , ela seguiu a vida e virou a menina mais perturbada , marrenta e valente que eu já conheci e ai vocês se tornaram mais inseparaveis do que nunca , além de viverem uns na casa dos outros aprontavam e sumiam juntos também e quando eu voltei ela mal olhava na minha cara , me odiava. 
OLIVER: O resto dessa história eu conheço... -Falou contra gosto-
EU: Ah conhece ? Duvido.
OLIVER: Nós fizemos uma aposta , Samantha transou contigo , cumpriu a aposta e depois se viu perdidamente apaixonada e agora acabou nisso.
EU; Que historia é essa de Aposta ?
OLIVER: Deixa falei demais.
EU: Sei... -Olhei desconfiado para ele que olhando para os dedos que batiam na mesa-
OLIVER: Mas enfim eu não gosto de você mais ela te ama e eu não posso fazer nada então cuide bem dela ou eu vou preso. -Eu gargalhei mas parei assim que o olhei , ele me olhava com um olhar mortal- Eu estou falando sério. 
EU: óh.. Ok então
OLIVER: Mas ai quando tu vai começar a fazer show de novo ?
EU; Não vou.
OLIVER: Sam nao gostou nada da noticia quando soube
EU: Eu sei... 
OLIVER: Então volta , por ela 
EU: Ainda estou pensando
OLIVER: Pensa bem -Ele se levantou logo em seguida e saiu- 

Peguei meu celular coloquei os fones de ouvido e tudo que eu queria era simplesmente esquecer o mundo , tinha como ?. 


~Dia seguinte~

Chegamos no Canadá , pela graça de Deus estava tudo indo conforme o planejado em menos de 30 minutos estavamos dentro do Hospital , Ninguém me deixou ir para o quarto da Sam o bebê foi para a encubadora e eu e o resto do povo ficamos na espera , Ryan , Caitlin , Chris e Chaz estavam conosco , Erin não parava de chorar meu pai consolava ela nenhum dos dois deram se quer uma palavra sobre a criança , Jazzy dormia no colo de Laura , Wendy que nao tinha dormido nem um pouquinho fazia dois dias tirava um cochilo no colo de Brian e Oliver estava com cara de acabado sentado ao meu lado. Ninguém conseguirá dormir desde o acidente , era angustiante saber que ela estava lá dentro daquele quarto inconsiente. Escutei passos rápidos e levantei a cabeça , minha mãe e minha vó haviam chegado , corri e abracei ela sem nem pensar duas vezes.

PATTIE: Como você está meu filho ? comeu alguma coisa ? Dormiu ? e a Sam ? 
EU: Calma mãe , Estou péssimo , não comi , não dormi e não quero nenhum dos dois , Sam esta inconsiente e ninguém me deixa ver ela , eu vou invadir çá porra já já.
DIANE: Vamos comer algo ?
EU: Não quero
DIANE: Justin estou mandando.
EU: Foda-se. -Virei as costas para ela e me sentei de nosso-
DIANE: Oque é isso menino. -Ela me deu uma bolsada e eu cai no chão- Você está mal , mais ainda sim me deve respeito -Ela me enchia de bolsada enquanto falava-
EU: Ai vó , para , para. -Eu tentava me defender-
XXX: Chega Dona Diane -Escutei a voz do meu pai-
DIANE: Sai daqui você também -Ela virou para meu pai e eu sai correndo dali e me escondi atrás da minha mãe-
PATTIE: Bem feito...
EU: Jura que vocês vão começar 
OLIVER: PORRA , parem não é hora para isso -Olhamos para ele e ele parecia bem furioso-

Vi a hora da minha vó ir bater nele também , mas ela sentou e se conteve talvez percebeu que ele estava certo.

PATTIE: Não tem nenhuma noticia ?
EU: Não e isso ta acabando comigo 
PATTIE: Não quer ir em casa tomar um banho ?
EU: Eu... não quero sair daqui.
CAITLIN: Justin melhor você ir lá
EU: -Respirei fundo passando os dedos nos cabelos deixando-os mais bagunçados do que já estava- Eu vou lá.
PATTIE: Toma , eu vim com seu carro -Ela me entregou a chave- 

Sai dali mais desnorteado do que nunca , fui para casa da minha vó , meu velho tava lá sentado na cadeira de balanço do jardim atrás da casa.

EU: Bença vô -Dei um beijo em sua bochecha-
BRUCE: Deus lhe abençoe -Virei as costas já entrando em casa sem falar mas nada-

Tomei um banho de quase 1 hora encostado na parede querendo que o chuveiro lavasse a mente , mas ele não tinha esse dom , sai do chuveiro coloquei uma cueca , fui até meu quartinho sentei na cama olhando em volta , foi daqui que eu vim esse quarto me trazia lembranças ele era tão pequeno , a cama era tão pequena que eu nao cabia mais nela , era engraçado ver como ela diminuirá.

 Olhei para o violão jogado no chão e umas folhas em cima dele , peguei e comecei a ler músicas , no qual eu tinha escrito a 1 semana atrás , tinham 2 , uma terminada outra incompleta. Peguei o violão e as folhas e sai do quarto fui para o jardim e meu velho continuava se balançando naquela cadeira de olho no céu nublado , fui até a arvore sentei encostado nela e comecei a tocar em partes pois ainda estava relembrando como era a música passei umas três vezes até decorar e aii fui ...


"Love you, need you
Need you here to stay
Girl you’re on my mind like 24/7
Every single time that I’m not with you
If you spend the night baby it could be heaven
Hit me all my line if you tryna come thru
I feel my heartbeat bombing out the bass (boom boom boom boom)
She give me butterflies and they won’t go away (away, away)
Under the stars she took my hand and said: “Love you, need you, need you here to stay”
I’d like to give you what you need
I try but you’re making it hard for me

How do I make you believe? Cause I love you, need you, need you here to stay..."

senti o olhar do meu avô sobre mim e eu gargalhei na parte do "Boom boom boom boom" , foi a unica coisa que me fez rir hoje , então continuei cantando.

"I’d like to give you what you need

I try but you’re making it hard for me
How do I make you believe? Cause I love you, need you, need you here to stay
Everytime you’re distant, girl, something is missing
I wish that I could fix it, I wish things were different
What else, What else
If you love me girl say it
What else, What else
If you wanna be my babe
I feel my heartbeat bombing out the bass
She give me butterflies and they won’t go away (away, away)..."

Parei de cantar percebendo que não tinha feito o resto da música e fiz careta. Meu avô levantou de seu lugar e veio até a mim carregando a cadeira e se sentou perto.

BRUCE: Continue
EU: Mas tem um problema ...
BRUCE: Qual ?

EU: Não terminei de escreve-lá
BRUCE: Termine agora
EU: Mais tenho que ir para o hospital.
BRUCE: Termine Justin , Sam não correrá de lá.
EU: Bem que eu preferia que corre-se -Sorri triste-

Peguei o lapis e comecei a fazer barulhos com a boca , nada me vinha a cabeça , em que eu estava pensando quando comecei a escrever ? Sam.  ´´Under the stars she took my hand and said:´´ aah cara isso não ta dando certo , oque ela me disse... Nada. mas oque eu queria que ela me disse-se ?  “Love you, need you, need you here to stay” Isso , isso ta foda vai Justin.

Fiquei uns 20 minutos e consegui terminar , não foi dificil e eu gostei mas me lembrava a Sam.

"I’d like to give you what you need

I try but you’re making it hard for me
How do I make you believe? Cause I love you, need you, need you here to stay
I’d like to give you what you need
I try but you’re making it hard for me
How do I make you believe? Cause I love you, need you, need you here to stay"

Cantei a musica toda juntando todas as pastes e quando eu terminei meu avô aplaudiu.

BRUCE: Perfeito.
EU: Obrigada Vovô Mas acho que tenho que voltar para o hospital
BRUCE: Antes você tem que vestir uma roupa -Falou me lembrando que eu estava apenas de cueca-
EU: Vovô -Chamei sua atenção assim que levantei- Sou secsy -Ele gargalhou-
BRUCE: Ai meu Deus. -falou rindo- Se vista e volte aqui 
EU: Ok 

Coloquei uma roupa qualquer , bermuda , blusa , supra e um boné oque eu achei na frente e voltei para fora

EU: Fale.
BRUCE: Meu filho , coma algo está com cara de abatido
EU: Eu vou ficar bem 
BRUCE: Se continuar assim se juntará a Sam no hospital e nao é isso que quer né ? -Neguei com a cabeça- Então pronto.
EU: Eu vou ficar bem e forte e vou cuidar dela.
BRUCE: Não duvido de sua capacidade , você me provou que é capaz de muito mais do que muitos esperam meu filho , então Acredite tudo ficará bem.
EU: Eu acredito...

  
  Até Breve :D
FIQUEM LIGADOS.

~~~~\\~~~~